terça-feira, 18 de setembro de 2018

Olhando para Cristo!!!







Pois é a vontade do pai, todo que olhar para o filho e nele crer tenha a vida eterna! Jo 6:40



Oh pobre pecador, se você começou a sentir o peso do aguilhão da morte, sabendo que por causa de seus pecados você está completamente perdido, este é o primeiro passo para sua Redenção.


Se você chegou ao estágio de não achar bem nenhum em ti, olha para si e para os lados e não acha mais que pode se salvar a si próprio, ou se você começou a perceber que nenhum dinheiro, poder ou sucesso no mundo podem comprar sua entrada para cidade celestial!


Se você se encontra assim, então meu caro pecador, há de fato esperança para sua alma, a partir de agora você pode olhar para o crucificado, você pode olhar para o Redentor que morreu em uma cruz para carregar o peso de seus pecados e liberta-lo do aguilhão afiado da morte.


Pare, observe demoradamente, contemple profundamente e louve alegremente, porque agora lhe foi concedido se deleitar no Filho, continue em frente depositando toda sua esperança e confiança nEle e atente as palavras do Filho lhe dizendo:


Agora tens a vida eterna e Eu jamais lhe deixarei, nunca jamais o abandonarei!

Entoemos juntos, como redimidos do Senhor:


“ Digno é o Cordeiro de receber toda honra ,toda glória e todo louvor!”




Em Cristo

Guinho

sábado, 15 de setembro de 2018

O chamado a batalhar pela Fé








"...batalhardes, diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos" Jd3


            Judas, o irmão do Senhor, conclama a todos os crentes de todas as épocas, de todas as nações a lutar a batalha da fé! Quanto prejuízo tem tido a Igreja de Cristo por lobos se fazendo passar por cordeiros, afoitos como leões, prontos para devorar suas vitimas!

Sem sombra de duvidas, isso deve em grande parte a uma doutrina fraca de uma teologia barata. Enquanto as igrejas estão mais preocupadas em "entreter o cliente" ao invés de "edifica-lo" , a fé entregue uma vez por todas (conjunto de doutrinas pertinentes a salvação) se faz cada vez mais necessária ser defendida.


Duas lições podemos aprender deste texto destacado:

1- A vida do cristão não é um passeio no parque:

Interessantemente, Judas, o irmão do nosso Senhor Jesus, usa uma nomenclatura de guerra, sabendo que a vida do cristão é muitas vezes caracterizada por guerreiros sendo convocados a "guerra", pelo termo "batalhardes"! Também precisamos atentar ao fato do batalhar diligentemente, ou seja: 

--Lutem com dedicação, esforço!!

Sabemos por vários ensinamentos de Cristo, que a vida crista é um chamado radical (Lc 14:31) a obediência e que seguir a Cristo custa nada menos do que a própria vida (Mt 16:25).

2- A fé continua sendo a mesma no passado, no presente e no futuro.

      O termo fé usado neste texto, não tem fundamentalmente a ideia da fé salvífica, mas sim no conjunto de doutrinas que levam a fé salvadora. Um erro muito comum em nossos dias é de que as pessoas estão trocando as doutrinas básicas fundamentais estabelecidas de uma vez por todas,  por ideias e filosofias passageiras. 

        Entre elas pensamentos de que Jesus pode ser Seu Salvador, mas ele não precisa ser seu Senhor. Todas as vezes que uma igreja não esta firmada nas doutrinas fundamentais básicas, ela é arrastada por qualquer ensino novo e atraente (Ef 4:14),

Lembrem-se, não é porque algo é antigo que não seja suficiente! Em outras palavras, as verdades sobre a fé bíblica são as mesmas de 2000 anos atrás! Não existe "novas revelações" ou "atalhos" para o viver cristão!

Não nos iludamos!  Todas as vezes que alguém dentro das Igrejas pedir mais "entretenimento emocional" do que sã doutrina, fiquemos alertas!

Teologia barata gera crentes falsos, enquanto os crentes não forem firmados nas doutrinas básicas, eles serão presas fáceis desse falso evangelho tão difundido entre as pseudo igrejas!

Toda boa casa, começa pelo fundamento, alicerçado em cima de terreno confiável, assim crentes no Senhor deve ser também com a nossa fé!

Em Cristo








quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Porque os planos de DEUS deram errado?







Não entendo isso. Gostaria de uma explicação. Se você tem um projeto, ele não dá certo. Você começa de novo, e dá tudo errado de novo. O que você faz? Cancela o projeto, e acaba com tudo, ou deixa continuar mesmo com um monte de erro e prejudicando a vida de milhares de pessoas por centenas, ou talvez milhões de anos? Essa é a minha visão de mundo. Deus criou Adão e Eva, eles caíram. Veio Noé e o dilúvio. Todos conhecem a história. Se após Noé, o mundo continuou errado, porque Deus deixou que continuasse a existir? Se o projeto dele (Deus) não deu certo, porque continuou? Qualquer pessoa sensata teria abandonado. Guerras, maldades, mortes nunca teriam acontecido. Ele é Deus! Podia ter evitado tudo isso. Mas deixou o mundo andar por si próprio e agora as pessoas tem que pagar o preço?Lembrando que a Bíblia impressa é algo recente. Acredito que Deus e o diabo mexam no mundo, mas em poucas ações. E, como foi possível Lúcifer sentir ambição, morando no paraíso!


Olá!

Obrigado pela pergunta! Precisamos começar com a seguinte afirmação:

- Deus se revelou de duas formas, de maneira geral (Criação), de maneira especial (de maneira última através da Bíblia). Esta é a verdade declarada pela própria Bíblia, sendo assim, levamos em conta a explicação que ela (Bíblia) dá sobre o assunto.

A Bíblia de maneira nenhuma, diz ou ensina, que o mundo "está entregue a si mesmo", o Deus da Bíblia controla e comando tudo que acontece, chamamos isso de providência. Jamais a Bíblia dá ênfase como se o diabo tivesse poder para se opor a Deus, até mesmo isso faz parte do seu (Deus) plano.

Pela revelação especial (Bíblia) aprendemos que Deus governa o universo e tudo que acontece para Sua própria glória, sendo assim os fatos e acontecimentos se encaminham para isso.
O relato bíblico é de que Deus tem um plano que passa por toda a história, aprendemos que a Bíblia ensina que o pecado entrou no mundo e literalmente desta forma ele trouxe maldição a humanidade e até mesmo ao planeta (Rm 8:22). No entanto, precisamos entender duas coisas que a Bíblia ensina por toda a parte:

1- Deus não é como o homem, nós somos finitos, Deus infinito, nós somos limitados pelo tempo e espaço, Deus não. Sendo assim, precisamos entender que nós não temos todas as respostas, por mais inteligentes que sejamos ou achemos que somos. Segundo o ensino Bíblico, todas as nossas percepções, até mesmo da razão, são prejudicadas pelo pecado. Nós não somos o que deveríamos ser, nossa volição e desejos são incapazes de buscar ou de se submeter a Deus. Para isso se dá o nome de depravação total.

Isso não quer dizer que somos tão malignos quanto poderíamos ser, mas que todas as áreas da nossa vida são manchadas pelo pecado, em resumo não vivemos para a glória de Deus, que é o propósito para o qual fomos criados. 

2- O homem não é inocente diante de Deus, o ensino das Escrituras afirma por várias vezes que somos culpados diante de Deus,sendo assim, não existe injustiça de Deus em condenar pessoas.

Todavia, existe algo que precisamos levar em consideração, por Deus ter um plano, e neste plano ele irá ter um povo para sua glória e este povo viveu, vive e viverá em diversos momentos da história. Ele mantém em curso seu projeto, apesar e através do controle da história, mesmo em momentos que aparentemente não temos todas as respostas.

Mas na história da salvação de Deus para seu povo, Deus providenciou um meio onde continuará sendo justo juiz, condenando os merecedores de punição e ao mesmo tempo, amorosamente,providencia um substituto, para que todo aquele que depositar a confiança somente nEle para perdão de seus  pecados, não irá perecer para sempre, antes, terá a vida eterna, o nome que a Bíblia dá para isso são as boas novas de salvação, ou Evangelho.

Diante destas verdades Bíblicas, temos duas opções:

Acreditar ou não no ensinamento Bíblico, apenas uma verdade pode existir. Embora não tenhamos todas as respostas, a fé cristã não é de forma alguma, "um salto no escuro", antes disso, ela é digna de ser crida justamente pelas provas históricas que temos, como a ressurreição de Cristo que "valida" a esperança que temos, porque Cristo vive, podemos crer no amanhã!


A Bíblia impressa não é tão nova assim! A primeira foi impressa em 1455 para 1456, ou seja mais de 500 anos! Embora isso possa não parecer tão "antigo" a Bíblia é o livro com mais cópias antigas do que qualquer outro livro antigo, tendo mais de 5000 manuscritos que tem mais de 95 % de precisão entre as cópias, o que dá o "status" de confiança para as impressões mais recentes!

Continue questionando, isso é importante na busca da verdade, no entanto seja humilde e submisso em entender que a Bíblia é a verdade e que não é porque não temos todas as respostas que ela não é verdadeira.

Muitas coisas nos foram reveladas, temos na Bíblia respostas para a grande maioria delas, o cristianismo é a única religião que terá as respostas sem contradição. 

Isso não quer dizer que não existirão algumas respostas que não entenderemos com total compreensão. Como por exemplo, as duas naturezas de Cristo, totalmente homem e totalmente Deus. 

Todavia, isso se dá por nossa finitude, somos criaturas e não criadores!

Existem muitas respostas sobre diversas perguntas no site, tenho certeza de que você poderá esclarecer muitas dúvidas que fazem parte do processo genuíno pela busca da verdade !

Conhecereis a verdade e ela vos libertará! Jo 8 :32


Em Cristo

Guinho




quarta-feira, 12 de setembro de 2018

ENSINANDO AS CRIANÇAS









Todos os domingos, nas Igrejas popularmente chamadas "evangélicas", vemos as crianças sendo ensinadas com os mais diversos tipos de "atividades" para supostamente seus pais poderem desfrutar do culto sem intervenções! 

No entanto, esse aparente benefício pode estar escondendo um grave problema que algum tempo depois demonstrará a fragilidade da base firmada. 

Sabemos que a Igreja, não tem o poder nem a influência de substituir o ensino em casa. No entanto, a Igreja é a guardiã da verdade, deve se preocupar com isso e jamais perder o foco, de qual é sua verdadeira missão: 

 - FAZER DISCÍPULOS (Mt 28:19-20). 

Percebo constantemente como professor de crianças, como elas estão sedentas por receber informação, sabemos que são pecadores também, no entanto podemos perceber como o terreno de seus pequenos corações estão em fase de cultivo, recebendo informações que mais tarde serão testados na fase jovem e adulta. 

Quantos erros seriam evitados, quanto sofrimento seria poupado se cuidássemos desde cedo como tem sido regados estes pequenos jardins para o Senhor.  Não podemos cair no erro de que as crianças são pequenas demais para correção, tolas de mais para a instrução e inexperientes demais para o incentivo... 


OH, não deixe que estes pensamentos diabólicos façam parte de suas instruções, Pais! 

Pense que se você não tiver exito em mais nenhum outro ambiente como pregador do Evangelho e da Palavra de Deus, o seu Lar é o lugar onde você mais terá influencia e mais terá que vigiar para não fazer mal uso dela! 

"Ensina a criança no caminho que deve andar, quando for velho não se desviará dele, com perseverança e zelo, conversa sobre os ensinamentos das Escrituras quando estiveres sentados em suas casas,quando estiveres andando pelo caminho, ao te deitar e ao levantar" (Dt 6:7;Pv 22:6),

Podemos ter certeza de que crianças que forem ensinadas com ensino solido, em todos os momentos, sem separação entre religioso e cotidiano, estarão sendo fortalecidas para a batalha da fé que certamente terão! 



Em Cristo

Guinho

terça-feira, 11 de setembro de 2018

5 Motivos para se frequentar uma Igreja Local








Com a crescente era da tecnologia, as pessoas tem ficado cada vez mais distantes umas das outras no quesito presença física. Esse movimento também tem sido introduzido dentro das Igrejas, onde varias pessoas tem achado que podem ser "crentes carreira solo", preferindo viver isoladamente da Igreja e ainda indo mais longe que isso, afirmam que é possível viver sem Igreja local . 

Alisto aqui pelo menos 5 motivos pelos quais devemos frequentar uma Igreja local, retirados do Livro "Eu sou mesmo um cristão ?" de Mike McKinley da Editora fiel:


1- APRENDER MAIS SOBRE A SÃ DOUTRINA:

"Em um mundo cético e sínico, é necessário haver contato regular com crentes da mesma concepção, até para que você seja lembrado que não esta louco por crer nestes coisas! (2 Tm 4:2-5 ; Tt 21).

2- AVERSÃO E CONFRONTO AO PECADO:

"A admoestação, treinamento e incentivo ao domínio  próprio só acontece em meio a congregação! (Hb 3:12-13). Este texto se refere exclusivamente a Igreja física.

3-PERSEVERANÇA NA FÉ:

'' Hebreus 3:12-13, nos diz para nos exortarmos diariamente, isso se torna impossível se não congregarmos... Principalmente dentro de uma Igreja local.

4-AMOR UNS PELOS OUTROS:

"Na igreja aprendemos a suportar "uns aos outros" a despeito de seus pecados e defeitos (Ef 4:1-6).

5-VIVER LONGE DO MATERIALISMO:

"Na igreja aprendemos que os crentes tem o maior tesouro do mundo, aprendem a lutar por dar valor ao que é eterno. 


A verdade é que toda a Bíblia e em especial o Novo Testamento, não dão nenhuma base para vivermos desigrejados, em "carreira solo". Apesar de sabermos que as Igrejas são problemáticas, porque elas são constituídas de pecadores, precisamos entender que este é o meio pelo qual Deus resolveu nos ordenar para nos tornarmos a semelhança de seu Filho. A Igreja está sendo a cada dia mais santificada por seu noivo, Jesus Cristo. 




Em Cristo

Guinho

sexta-feira, 27 de abril de 2018

A identidade do Cristão




                                                           



                    

Todas as pessoas são reconhecidas por sua identidade. Em um âmbito legal, a identidade é o documento que você porta, afirmando os dados sobre quem você é.

Normalmente, sua identidade será a maneira de você ser identificado, por seu nome, seu sexo, sua filiação(pai e mãe), sua cidade natal… a maneira de como você pode exigir os cuidados sobre sua saúde através dos convênios...

Poderíamos dizer que a sua identidade revela aspectos peculiares sobre sua pessoa, seu registro de quem você é.

Para o cristão, a identidade diz também muitas coisas a respeito sobre você…

*Primeiramente ela diz algo sobre sua  natureza (1 Co 15:22): Pois, da mesmo forma que em Adão todos morrem, em Cristo todos serão vivificados.

 Você tem uma nova natureza, porque você está unido a Cristo! Todos os benefícios de Cristo são compartilhados com você!

*Sua nova identidade lhe dá o direito de ser declarado justo (Rm 8:1): Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus.

   Você não é mais inimigo de Deus, você passa agora a ser declarado como justo (sem condenação) no tribunal de Deus.

* Sua nova identidade conta de sua filiação ( João 1:12): Contudo, aos que o receberam, aos que creram no seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus.

Afinal em Cristo você é adotado por Deus, passa a se tornar filho tendo Jesus como seu irmão mais velho e Deus como Pai! Você pode chamar a Deus por seu pai,amoroso, cuidadoso,zeloso! O Deus do universo é seu Pai e você pode se achegar a Ele como filho!

*Sua nova identidade revela sua segurança (Rm 8:38-39): Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.

Pela certeza de que Sua união com Cristo lhe garante o cuidado do Pai, você não precisa andar inseguro e desconfiado quanto ao seu futuro...seu destino está assegurado e nada pode lhe tirar da mão poderosa de Deus...nem a própria morte. Em outras palavras, sua identidade em Cristo é a garantia de sua segurança…

*Sua nova identidade o lembra de sua liberdade (Rm 6:5-6): Se desse forma fomos unidos a ele, na semelhança da sua morte, certamente o seremos também na semelhança de sua ressurreição. Pois sabemos que o nosso velho homem foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado seja destruído e não mais sejamos escravos do pecado.

 Por causa do entendimento de sua escravidão, agora o cristão entende de sua verdadeira e gloriosa liberdade. O cristão não precisa mais viver para alcançar salvação, seus méritos , sua boas obras são originadas em sua liberdade conquistada por Cristo.

*Sua nova identidade demonstra que ainda é incompleto (Fp 1:6): Estou convencido de que aquele que começou a boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus.

Embora com as características definidas de sua união, de sua justificação, de sua adoção , de sua segurança, de sua liberdade a nova identidade demonstra que ele (Cristão) está em processo...um processo que dura a vida toda. No entanto, embora dura caminhada a garantia de chegada está em Deus, não nele mesmo!

Existe uma identidade que apenas o identifica para o mundo, que mostra sua existência, que informa sua filiação, que é a realidade de sua existência no mundo!

No entanto,existe uma identidade que pertence aos eleitos, que através da união com Cristo demonstra novas características de uma identidade que dura para eternidade. Essa nova identidade só pode ser desfrutada pelos cristãos, aqueles que verdadeiramente estão unidos a Cristo.

Porque Dele por Ele e para ele são todas as coisas!



Em Cristo 
Guinho