quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Campanha Milagrosa


http://1.bp.blogspot.com/_kfmmxUj0n4M/TK-2iWgyGiI/AAAAAAAAACY/KhTBlEuM0KA/s320/falso+profeta.jpg


Fazendo uma busca rápida no google sobre campanhas evangélicas é possível observar alguns títulos como: Campanha do milagre urgente, campanha vitoriosa, campanha derrubando muralhas, campanha vale do sal, campanha 12 dias de oração para 12 meses de bençãos, campanha cajado da vitória, campanha altar de fogo, campanha de libertação e avivamento, campanha unção e milagres entre tantas outras.

Na primeira igreja que frequentei tinha-se o costume de realizar diversas campanhas durante o ano, usava-se o pretexto de que as pessoas são movidas por campanhas, se você faz uma campanha a igreja lota.

As perguntas que devem ser feitas são:

Existe base bíblica para a realização de campanhas?

Qual o objetivo, o que pretendo alcançar realizando uma campanha?

Sobre a base bíblica eu desconheço qualquer que seja, já ouvi alguém usando Atos 19:12 que diz: De sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades fugiam deles, e os espíritos malignos saíam.”

A pessoa usou esse texto pra justificar o uso de fotos e roupas de pessoas que são levadas aos pastores para que através de oração com o uso dessas peças hajam curas e milagres.

O primeiro grande erro é que no texto as peças de roupa que eram levadas pertenciam ao Apóstolo Paulo, levavam as roupas dele para que através dessas peças houvessem curas a quem quer que seja. E não o contrário, não eram as roupas dos enfermos que eram levadas até o apóstolo.

Paulo possuía o dom de curas, algo destinado aos apóstolos que servia para confirmação do Evangelho aos incrédulos. Sugiro que leiam este texto para maiores detalhes: http://respirandodeus.blogspot.com.br/2012/12/cessacionismo-x-continuismo.html.

As campanhas que realmente temos base bíblica para realizarmos são a campanha dasantificação pela Palavra de Deus e a campanhaoração incessante.

Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. João 17:17

Orai sem cessar. 1 Tessalonicenses 5:17

Campanha de santificação e de oração são difíceis de encontrar, ainda mais se as orações sejam para que as vontades de Deus sejam cumpridas e não as nossas.

É possível notar que os objetivos dessas campanhas são quase que, na sua totalidade, para benefícios próprios e terrenos: curas, milagres, unção, libertação, casa própria, prosperidade, entre tantas outras aberrações.

Deus cura, realiza milagres, entretanto para o cristão essa não deve ser a sua motivação da sua busca por Deus. Devemos amar a Deus como Paulo amou sabendo que para o cristão morrer é lucro (Fp 1:21). Ou seja, devemos amar, de tal maneira, estar em Sua presença que tudo o que deixaríamos pra trás aqui na terra para vivermos ao lado de Cristo é considerado como perda. O morrer é lucro, pois estarei na presença do meu Amado.

Deus também liberta, através do poder soberano do Espírito Santo no momento da conversão, onde somos libertos da condenação do pecado e temos liberdade em Cristo Jesus. Também somos libertos através do conhecimento da Sua Verdade, a Palavra de Deus (Jo 8:32). Somos libertos de uma vez por todas, não precisamos nos “libertar” semanalmente. Libertos inclusive de participar dessas companhas mentirosas e enganadoras.

Existe grande apelo místico com o uso de amuletos da sorte, óleo ungido (http://respirandodeus.blogspot.com.br/2011/05/devemos-ungir-com-oleo-ebook.html), rosa ungida, campanha do sal, peças de roupas. A fé é depositada nesses amuletos e retiradas da pessoa de Jesus Cristo.

Enfim, existe um grande apelo emocional, para dar ao homem aquilo que ele já deseja, saúde, prosperidade, e consolo perante a condenação eminente. Qualquer homem morto em seus delitos e pecados (Ef 2:1-2) deseja essas coisas. Portanto o grande objetivos dessas campanha é lotar a igreja, o objetivo principal não é a glória de Deus, não é pregar fielmente a Sua Palavra.

O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.” Oséias 4:6

Devemos nos recordar das palavras do profeta Oséias, o povo de Deus padeceu por que lhe faltou conhecimento da lei de Deus. Oséias não estava falando pro mundo em rebeldia contra Deus, estava falando ao próprio povo de Deus.Quando aceitamos práticas contrárias as escrituras, então, nós estamos perecendo por falta de conhecimento.

Devemos ser como o salmista: “Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.” Salmos 1:2.

Somente assim poderemos ter a certeza de estarmos fazendo a vontade de Deus.

Que Jesus nos ajude.

Fernando.


2 comentários:

  1. Campanha do arrependimento ?achou alguma?
    Campanha da mudança de vida(não financeira), achou alguma?


    Em Cristo

    ResponderExcluir