terça-feira, 23 de outubro de 2012

Revelação pela Palavra de Deus


http://2.bp.blogspot.com/-7ibaf_RDnnw/TkkFP9xzmfI/AAAAAAAAArc/guMmWq2vBR0/s1600/ilumina%25C3%25A7%25C3%25A3o.jpg

Dentro da doutrina da palavra de Deus, podemos destacar algumas formas de empregarmos o sentido “palavra”, no que diz relacionado à revelação de Deus:

1-Palavra de Deus como pessoa, se refere a Jesus como palavra de Deus (Ap 19.13), embora não seja um uso comum, indica que é o Deus Filho quem tem o papel de comunicar em sua pessoa a palavra e expressar a vontade de Deus para nós (JO1.1).

2-Decretos palavras de Deus são aquelas palavras que causam eventos ou trazem coisas a existência, Deus pela palavra criou o mundo, os animais e tudo que há nele, decreto de Deus é uma palavra divina que faz tudo acontecer, esses decretos incluem a existência continua de todas as coisas, a sustentação de tudo pelo poder da palavra (HB 1.3).

3-Palavra de aplicação pessoal, Deus se comunicou com pessoas sobre a terra falando diretamente a eles, se encontram ao longo de toda a escritura, primeiramente com Adão, também depois do pecado para pronunciar a maldição ainda com Adão, (Gn2-16,17) também através dos 10 mandamentos, ainda através do batismo de JESUS (MT 3.17), nesses e vários outros casos Deus falou especificamente a indivíduos e embora estas palavras de aplicação pessoal sejam vistas nas escrituras como palavra de Deus, são também palavras humanas para poderem ser entendidas, e isso de modo algum limita seu caráter divino e tampouco sua autoridade, são palavras proferidas pela voz do próprio Deus.
4-Palavra de Deus por boca humana, nas escrituras Deus levanta homens, (profetas), para falar e isso também não diminui a verdade e autoridade.

Alem das palavras de Deus em forma de decretos, aplicação pessoal e por lábios humanos, temos por fim a forma:

5-Palavra de Deus escrita (bíblia), o relato das duas tabuas de pedra, (Ex 31,18), depois foram sendo feitos acréscimos por Josué (Js24. 26), Jeremias, Isaias e no NT, Jesus envia o Espírito Santo, para lembrar tudo que Jesus havia falado(Jo14.26), essa maneira de revelação é muito mais precisa,e é a maneira disponível para estudo, porque não temos a palavra de Deus por decretos, a aplicação pessoal é incomum ate mesmo nas escrituras e a palavra de Deus por boca humana deixa de ser dadas quando o Canon do NT foi completo, por isso a referencia segura é a palavra de Deus escrita, porque não temos mais como acessar nenhuma das outras formas da palavra de Deus, é a bíblia que nos transmite e ilumina sobre todas elas.

É ela que é útil para ensino, repreensão, correção e instrução na justiça. (2Tm3:16)

Glorias a Deus

Guinho


Fonte: de apoio: Teologia sistemática/Wayne Grudem, Vida Nova

Nenhum comentário:

Postar um comentário