segunda-feira, 12 de abril de 2010

Panis et circenses



Vivemos um momento crucial na vida evangélica brasileira. Estamos no limiar de um avivamento. Deus tem manifestado a sua presença na vida de muitos que não conseguem viver mais na hipocrisia do evangelho do espetáculo. Assim como a sociedade é norteada pela mídia, a igreja passou a sustentar-se pelas regras do espetáculo, alguns infelizmente, um circo mambembe.

A antiga expressão latina, diz que se o povo tiver pão e circo (panis et circenses) tudo estará bem. Não importa se a vida política, religiosa e ética está capenga, claudicante... desde que haja um pouco de alimento e riso, tudo estará bem.

Para muitos cristãos desde que o "cultus" seja um espetáculo não há necessidade da presença de Deus. Voltam para suas casas entorpecidos pelas músicas, a palavra que não confronta e os objetos sagrados ( sal, óleo, ramo, lenço ungido, etc...) Iludem-se com a pantomínia, com as mágicas nos púlpitos.

Na sua imensa misericórdia, Deus, tem levantado um povo remanescente que não quer impor conceitos, criar divisões ou implantar denominações, mas sim viver o Evangelho na sua simplicidade, andando de casa em casa e pregando a Palavra - ao invés de disputar espaço nos púlpitos - curando os enfermos - ao invés de oferecer espetáculos de milagres - e orando em todo o tempo.

Que Deus tenha misericórdia de Nossa Nação e daqueles que pensam que crescimento é apenas numérico.

Autor: Jair Pedroso
Fonte: [ Blog do autor ]

Nenhum comentário:

Postar um comentário